O Circuito Brasil de Corrida Vertical consiste na modalidade de corrida nas escadarias em prédios.

O circuito irá percorrer várias estados, somando mais de 3.274 degraus e 740m de altura. Podendo competir somente em uma corrida ou participar do Circuito completo, o atleta terá a oportunidade de conhecer belos pontos turísticos.
CuritibaEntre as etapas previstas, temos:

A próxima etapa passa por Curitiba, no dia 22 de julho, e sobe as escadarias externas do Shopping Itália, localizado na região Central de Curitiba, onde 26 andares esperam por cada atleta.

Programação

Entrega de kits: 21 de Julho – local e horário a definir
Dia do evento: 22 de Julho de 2012

Início do evento: 9h
Término previsto: 12h
O desafio está lançado!

Na segunda etapa do Circuito Brasil de Corrida Vertical. Atletas e competidores tem a missão de vencer os 574 degraus dos 26 andares do Edifício Itália na cidade de Curitiba, em menor espaço de tempo.

Categorias e Premiação

Haverá divisão na largada por sexo e faixa etária:
Categorias de idade 18-30; 31-40; 41-50; 51 em diante.Premiação:

Troféu para os 5 primeiros no geral – Masc. e Fem.
Medalhas, Ouro, Prata e Bronze nas categorias.
Medalha de participação para todos os participantes que completarem a prova.

Regulamento e Inscrições

Percurso: A largada será dada no pátio do Praça Interna Suspensa.

O final do percurso e término da cronometragem acontece no Heliponto do edifício.

A inscrição deverá ser realizada pelos sites:www.focoradical.com.br ou www.webrun.com.br, ao valor de R$ 40,00 mais taxas.

É obrigatório a utlização da camiseta oficial da etapa da prova e número de peito para participação do evento.

A classificação dos atletas será por menor tempo de subida dos 574 degraus.
Na etapa classificatória para final, cada competidor poderá realizar apenas uma subida no edifício.
Após 30 minutos da subida do último atleta etapa classificatória, começará a prova final do evento.
Serão classificados os 10 melhores tempos masculinos e femininos para a subida final. Onde os 5 melhores tempos serão premiados na classificação geral. Os demais entram na premiação por categoria da Faixa Etária.
O Atleta classificado para final que não queira realizar a segunda subida final, por qualquer motivo que seja, o tempo validado será o da primeira subida.

As largadas serão individuais e ocorrerão num intervalo de 10s a 60s segundos conforme a necessidade de proporcionar segurança aos atletas naescadaria externa do edifício como também no helipontoA Comissão Organizadora poderá interromper as largadas por tempo determinado pela equipe de segurança do evento

A idade mínima para participação é de 18 anos.
O número limite de participantes será de 300 atletas.

Atestado de Saúde

Todo atleta deverá aferir a pressão arterial antes da prova por profissional da saúde para avalizar e orientar a participação do atleta na prova, informando se ele está capacitado ou não para competir.

O Atleta deverá assinar termo de responsabilidade para participar do evento.

Não será permitido treinamento prévio de atletas no Edifício, sem autorização do condomínio.
Todo atleta terá que ser avaliado pela equipe médica e também deverá assinar o termo de responsabilidade antes da largada.
É proibido impedir a ultrapassagem de outro competidor.
As ultrapassagens poderão ser feitas tanto pelo lado direito quanto pelo lado esquerdo.
O atleta que desejar parar para recuperar-se, ou mesmo que quiser diminuir o ritmo, deverá fazê-lo pelo lado direito da subida, permitindo assim a ultrapassagem pelo lado esquerdo

Desclassificação ou impedimento:
Os árbitros de percurso terão autoridade para desclassificar qualquer competidor que, por ventura, venha a praticar ato anti-desportivo, como contato físico intencional, desrespeito a qualquer membro da Comissão Organizadora e/ou a competidores, fraude, valer-se de violência, etc.
As autoridades médicas terão direito de tirar da prova o competidor que apresentar qualquer incapacidade física que coloque em risco sua saúde.
Qualquer competidor poderá recorrer da decisão da Comissão Organizadora da prova ou da conduta de qualquer outro competidor, devendo fazê-lo por escrito no prazo de 20(vinte) minutos após o término da prova.
O protesto será acompanhado de uma taxa de R$ 100,00 (cem reais). No julgamento o indeferimento acarreta a perda da taxa, sendo soberana a decisão da Organização da Prova.

Etapas e Cidades

Na penúltima etapa do Circuito, os atletas chegam ao Rio Grande do Sul, onde o desafio tem 576 degraus, no Centro Administrativo Fernando Ferrari, localizado no bairro nobre de Porto Alegre. No topo do prédio é possível ver, entre outros pontos turísticos, a maravilhosa vista do Rio Guaíba.

Santa Catarina fecha com chave de ouro a etapa final do Circuito Brasil de Corrida Vertical, onde os atletas terão pela frente 833 degraus, equivalente a um prédio de 49 andares. O trecho mais difícil do percurso será realizado na inauguração do Edifício Vila Serena, com vista da praia Central de Balneário Camboriú.

Uma prova direcionada as pessoas que buscam sair da rotina. Acostumados a competir em corridas tradicionais de rua, os atletas sempre estão em busca de roteiros diferenciados. A Corrida Vertical proporciona o novo desafio, o novo roteiro com uma bela recompensa, a paisagem nos pontos mais altos das respectivas cidades.

Florianópolis

Capital mais rica do Brasil, de acordo com a Revista Exame, a cidade consagra fama global a cada ano e já foi apontada como melhor destino turístico da América Latina. As belezas naturais da cidade, praias, ilhas, lagoas, o rico patrimônio histórico e as diversas opções de lazer fazem de Florianópolis destino obrigatório com excelentes opções de hotéis e restaurantes.

Curitiba

A cidade tem um senso de vida cosmopolita, é considerada a capital com melhor qualidade de vidado Brasil com um polo industrial diversificado que lhe dá o posto de quinta maior economia do Brasil, sendo considerada umas das cinco melhores cidades para se investir na América Latina.

Curitiba também tem altos índices de educação. Tem o menor índice de analfabetismo e a melhor qualidade na educação básica entre as capitais.

Foi destque em  recente pesquisa publicada pela revista Forbes, como a 3º cidade mais “esperta” do mundo, que considera esperta a cidade que se preocupa, de forma conjunta, em ser ecologicamente sustentável, com qualidade de vida, boa infraestrutura e dinamismo econômico.

Porto Alegre

Porto Alegre é uma das cidades mais arborizadas e alfabetizadas do país. Pólo regional de atração de migrantes em busca de melhores condições de vida, trabalho e estudo, e tem uma infraestrutura em vários aspectos superior à das demais capitais do Brasil. Também tem uma cultura qualificada e diversificada, com intensa atividade em praticamente todas as áreas das artes, esportes e dasciências, muitas vezes com projeção nacional, além de possuir ricas tradições folclóricas e um significativo patrimônio histórico em edificações centenárias e numerosos museus.

(fonte: Wikipedia)
Veja onde mais você pode nos encontrar:

Deixe seu Comentário

Powered by Facebook Comments

Deixe seu comentario