Você já deve ter visto em algum parque pais correndo com bebês dentro de seus carrinhos. Está é uma prática divertida e saudável. Enquanto os pais se exercitam a criança toma sol e ar fresco. Mas, cuidado: não se pode correr com carrinhos comuns, deve-se usar um modelo preparado para esse tipo de atividade.

O especialista alerta que mãe e filho precisam passar por uma adaptação:

“Se ele (o bebê) vai para um carrinho perfeito para a corrida, ele também precisa sentir toda a agitação, precisa se sentir confortável e seguro dentro do carrinho, e também precisa passar por uma adaptação.
Todo treinamento necessita de um período de adaptação como caminhada, musculação para depois partir para um trabalho mais intenso que é a corrida. Os efeitos da gestação como aumento do percentual de gordura, peso e até diminuição do condicionamento… voltar para a caminhada é ideal para as mamães que estão saindo desse período.” William Meirelles, Personal Trainer

“O carrinho tem que ser próprio para a corrida, próprio para o treinamento. Não dá pra ser num carrinho comum de bebê porque não vai ser bacana para a corrida e será ruim para o bebê. Principalmente para as mamães que não tem condições de se ajustar nos seus horários e ter alguém para cuidar da criança, já tem meios de levar a criança para o treinamento sim!” William Meirelles, Personal Trainer


VER MAIS CURITIBA | Pais correm com os filhos | 21/05/2012

Professor especialista em Treinamento individual e Qualidade de Vida pela PUC-PR, Personal trainer e corredor nas horas vagas. Professor em Musculação e avaliador físico em Curitiba.

Deixe seu Comentário

Powered by Facebook Comments

Deixe seu comentario