Cansado das provas de 10 km? Não agüenta ver montanhas? Por que não aumentar sua emoção, encare uma meia maratona.

Como já dizem os corredores mais entusiastas: “Metade da distância, dobro da emoção”. Enquanto você ainda não encontrou pique e tempo para treinar para uma maratona, os 21, 097 metros estão ai como solução para você.

Especialistas afirmam que as mudanças estruturais dos treinos para 21 km são pequenos em relação aos que já fazem os 10 km, repito, para os que já fazem os 10 km, pois não é fácil estrear numa meia maratona. É complexo acertar ritmo e “quebras” por lesões e fadigas são eminentes na corrida. Por isso é importante o corredor ter experiência em 10 km antes de encarar a empreitada. Converse com o seu professor de Educação Física.

As primeiras passadas de Meia maratona no Brasil foram em 1970 O jornal “Gazeta Esportiva” organizou uma mini maratona para homenagear  o dia 7 de setembro, mas só no anos 80 é que o evento se transformou em Meia Maratona com os oficiais 21,097 metros de distância.

Importante é preparar mente e corpo para essa transição de distâncias. Estar com o psicológico equilibrado é tão fundamental quanto a preparação física. É preciso controlar a ansiedade para saber dosar o esforço durante a prova.

Nesse primeiro semestre tem grandes provas para você estrear com “chave de ouro” os 21 km. Uma delas é Meia Maratona de Curitiba que será realizada no dia 24 de junho.

Desafio para homens quanto para mulheres. As mulheres rendem muito mais em provas de longa distancia, pois são mais determinadas e disciplinadas e a meia maratona pede esse respeito. Merien Darcie Adad vai estrear esse ano e conta: “Após quase 18 meses completando provas de 10k tive a sensação de que seria possível correr mais alguns quilômetros. Senti que estava na hora de evoluir em corridas, esporte que amo de paixão”.

Merien intensificou a corrida procurando treinamento personalizado e ressalta que precisa de atenção e cuidados com os treinos para longa distância e convida as colegas: “A meia maratona é a distancia perfeita para quem está em busca de novos desafios, maiores ganhos de condicionamento e um novo patamar de corrida. Além disso, considero uma prova charmosa para as mulheres”, comenta.

Importante como em qualquer grande desafio é buscar um treinamento adequado, alimentação estruturada e realizar os exames periódicos. Procure um profissional de Educação Fisica, um nutricionista e um médico para que tenha sucesso em seu objetivo.

Desafie-se e exercite-se.

Veja onde mais você pode nos encontrar:

Professor especialista em Treinamento individual e Qualidade de Vida pela PUC-PR, Personal trainer e corredor nas horas vagas. Professor em Musculação e avaliador físico em Curitiba.

Deixe seu Comentário

Powered by Facebook Comments

Deixe seu comentario