Lembrando de Rock Balboa com o sucesso ”Eye of the Tiger” a música incentiva  muitas pessoas a superar uma etapa de treino ou motiva para chegar ao fim da prova. Ao lembrar-se da trilha sonora do filme já nos imaginamos acordando cedo, correndo no frio, levantando pesos no limite e claro, subindo aquela escadaria até o final.  Pode ser.  Desde Kenneth Cooper que realizou testes com  saltos e música nos anos 60 até as aulas em academia  atualmente, a música mostra-se eficaz para o treinamento.  Segundo Karageorghis (2008), a música diminui os níveis de fadiga e aumenta o desempenho físico em 20%.

Cada um no seu ritmo (musical)

Os corredores na cidade de Curitiba têm estilos musicais variados. Nos  fones de ouvidos dos praticantes pode se encontrar música eletrônica, Rock, Reggae e MPB. De AC/DC a Katty Perry.

Mas qual a música ideal para o treinamento? Edson Ferreira, O professor Nescau, Especialista da UFPR, Diretor da GF Ciclismo e Capacita professores de Spinning,  dá as dicas para montar o playlist ideal.

No aquecimento é preciso acordar a musculatura, ouça canções rápidas (entre 135 a 145 bpm). Músicas eletrônicas cabem bem nesse momento.

No momento de apertar o treino, ouça canções que mexem com as emoções e que não te deixam parado. Rock, Hip Hop acelerado vão te dar a força que precisa. Já para vencer uma ladeira use músicas que comecem tranqüilas e que cresçam aos poucos, neste caso a música eletrônica (Trance) vai ajudar no trecho final.

E para superar o cansaço de final de corrida ou de treino e para não desanimar use músicas como o heavy metal  ou músicas que lembram de um momento bacana. Nessa etapa, com certeza, você não estará receptivo a músicas desconhecidas.

Com música ou sem ela, o importante é o treinamento. Cuidado para que os seus fones de ouvido não tirem a atenção do que acontece ao seu redor, principalmente nas ruas. E ai?! Qual a sua trilha sonora?

Professor especialista em Treinamento individual e Qualidade de Vida pela PUC-PR, Personal trainer e corredor nas horas vagas. Professor em Musculação e avaliador físico em Curitiba.

Deixe seu Comentário

Powered by Facebook Comments

Deixe seu comentario